17 a 23 de Dezembro de 2017

Carta: 19 – Torre
Esta semana pede, ao nativo de touro, que se afirme, que procure solidificar a sua estrutura interna, não se deixando levar com a corrente. É uma semana para estar firme perante a adversidade, para estar sólido perante qualquer investida que poderia deixá-lo mais instável.

A procura de estabilidade é, neste sentido, promovida por esta carta, invista nas construções que pretende para futuro, projectos que quer duráveis. Ainda assim, sendo esta uma energia de construção pessoal, propiciando a introspecção, não deve alhear-se de tudo o que o rodeia, isolando-se, sob pena de construir castelos nas nuvens.

17 de Dezembro de 2017

Carta 2 – Trevo
Um domingo, para o nativo de carneiro, protegido pela sorte. Atente aos pormenores, às pequenas situações que fluem na sua direcção, ao encontro daquilo que deseja. Esta é uma energia subtil, que se faz sentir nas pequenas coisas, e que deve ser valorizada já que afectará o maior.

Aproveite este Trevo a seu favor, arrisque na direcção de concretizar os seus desejos, seja optimista e perseverante, já que o Universo tende a conspirar a seu favor.

1 a 31 de Dezembro de 2017

Cartas: 21 Montanha, 2 Trevo, 12 Pássaros
O nativo de Carneiros terá, no mês de dezembro, uma atmosfera protegida pela sorte, com a energia do Trevo. Sorte essa que poderá ser encontrada nas situações mais comuns do dia-a-dia, nas situações mais simples.
Esta energia de protecção será particularmente importante no ultrapassar de bloqueios e barreiras que poderão surgir. Isto porque a energia da Montanha traz, ao nativo de Carneiro, fronteiras difíceis de transpor, que exigirão de si muita determinação e força, e, neste contexto, contribuirá a sorte para que se torne mais suave a caminhada.
Atente para não se deixar envolver em conversas destrutivas, que passam pela fofoca, já que estas só irão contribuir para que os obstáculos aumentem, e se tornem mais consolidados.
Com isto, temos um mês com tendência para conversas conflituosas que criam barreiras sólidas e enraizadas, que, ainda assim, poderão ser transpostas, já que a sorte está do seu lado.

2018

Desafio 2018 (20 - jardins):
O desafio para os nativos de carneiro é deixar os estados mais introspectivos e dar-se ao convívio, à diversão. As conversas e a interação social terão um papel fundamental, seja em reuniões mais formais ou em festas e encontros sociais, o convívio poderá ter um papel importante para que 2018 seja mais leve e menos dado ao isolamento.
Trabalho (11 - chicote):
No que respeita a trabalho, poderá ser um ano de abanões, de abalos, com cortes repentinos, o que pode passar por cortes na evolução profissional, ou mesmo por perdas de emprego. Pede-se moderação e auto-controlo para evitar situações dolorosas de cisões e influências negativas.
A negatividade poderá estar na ordem do dia, daí que seja importante manter-se calmo e longe de fontes de pessimismo, que irão potenciar ainda mais a força do Chicote.
Amor / Família (29 - dama):
O seu bem-estar emocional, com o parceiro ou família, dependerá em grande parte de si. Procure estados de alegria, de convívio, preferindo a simpatia e a harmonia, evitando colocar as relações interpessoais em segundo plano, para não se focar em situações menos agradáveis que lhe poderão suscitar sofrimento.
Finanças (30 - lírios):
As finanças estão fortemente favoráveis, ainda assim aconselham-se atitudes ponderadas, de correcção e equilíbrio. Este éo sector da vida dos nativos de carneiro que mais favorecido está, podendo-se mesmo falar em protegido pela sorte. Aproveite este bafejo, e contemple o que poderá construir com isso.
Bem-estar / Saúde (15 - urso):
Os excessos num ano de extremos podem ganhar força, assim pede-se atenção redobrada ao seu bem-estar, nomeadamente no que respeita aos cuidados com o corpo. As emoções mais primárias devem ser contrariadas, tais como o ciúme, a possessividade, agressividade, o urso pode pôr em evidência a sua natureza mais animalesca.