Sabe o que é Karezza?

A técnica promete aproximar os casais que, por algum motivo, perderam a vontade de fazer sexo e sentem que a sua relação está desgastada.

Recorda-se como era o namoro de adolescente? Beijos, abraços, carícias, apalpões e, quanto muito, alguns praticavam masturbação. Lembra-se da fogosidade que sentia e da ânsia sentida por voltar a ter mais nos dias seguintes? O prazer era imenso e intenso e uma coisa era certa... não era necessário penetração.

Karezza deriva da palavra italiana carezza que, é facilmente entendida como carícia. E é nisto que a técnica consiste. O mote é que se abra mão da penetração e ejaculação e que se abuse do toque, dos beijos, da masturbação e sexo oral com o intuito de ansiar sempre por mais. É colocar os preliminares ao mais alto nível e evitando o orgasmo. O seu objetivo é criar laços mais íntimos e estreitos, prolongar uma relação e aproximar os casais.

A maioria dos casais, ainda que haja amor na relação, passa pelo mesmo: rotina e desgaste da vida sexual. Nem sempre é fácil manter a chama acesa e os motivos vão desde rotina, a desleixo, ao dado adquirido, aos filhos, etc... Assim sendo, vale a pena tentar a karezza e tentar reavivar sentimentos, voltar a namorar e tornar a sentir borboletas na barriga e as pernas a abanar.

Esta técnica é muitas das vezes considerada como sinónimo do sexo tântrico, mas tal não podia estar mais errado. O tântrico consiste em intensificar e prolongar o ato sexual havendo interrupções durante a penetração enquanto que a karezza torna-se um desafio que não envolve penetração nem orgasmo, consistindo numa educação sexual, onde tem de haver muita intimidade e sintonia para acariciar sem penetrar.

artigo do parceiro:

Comentários